31 de dez de 2007

Justiceiro sem Garth Ennis

O início do último arco de histórias de Garth Ennis com o personagem começará na edição 55 de Justiceiro, na linha Max da Marvel Comics, e se extenderá por seis edições e encerrará nada menos que oito anos entre o escritor e o personagem.

A última história, "Valley Forge, Valley Forge: The Slaughter of US Marine Garrison and the Birth of the Punisher", faz um paralelo entre uma missão atual do Justiceiro e a pior batalha da qual participou na Guerra do Vietnã.

Em entrevista ao Newsarama, o editor Axel Alonso comentou como a passagem de Ennis na revista transformou o personagem: "Quando Garth nos certificou que Frank não é um herói, mas sim um indivíduo extremamente perturbado, ele o redefiniu. (...) Frank não é o protótipo do machão. Ele não é Clint Eastwood. Não há um coração sob aqueles músculos, pronto para ser tocado. Ele não esconde um desejo por contato humano. Ele não tem amigos. Ele está sozinho e só tem sua missão. Suas necessidades – comida, abrigo, a ocasional rapidinha sem paixão – são apenas combustível para sua missão".

Alonso ainda garantiu que a série continua sem Ennis – mas ainda sem equipe criativa definida.

O escritor irlandês, por sua vez, continuará no selo Max em War is Hell: The First Flight of the Phantom Eagle (março), o primeiro de uma possível série de especiais que traz as adoradas histórias de guerra de Ennis.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...