16 de jan de 2008

O que é “Cloverfield”?

Esta é a pergunta que muitos fãs de filmes de terror têm feito nos últimos meses, depois que o trailer do longa-metragem chegou à internet. Os americanos vão poder matar a curiosidade na próxima sexta-feira (18), quando o longa chega aos cinemas de lá.
Com elenco totalmente desconhecido, as imagens dão a impressão de serem um vídeo caseiro encontrado após uma catástrofe, estratégia parecida com a de “A bruxa de Blair”, de 1999. Mas o filme não tem nada de caseiro. Produzido por J.J. Abrams, criador da série “Lost”, dirigido por Matt Reeves, produtor do seriado “Felicity”, e escrito por Drew Goddard, roteirista de “Alias” e “Lost”, “Cloverfield” é uma espécie de superprodução de baixo orçamento.
A filmagem foi toda feita com pequenas câmeras digitais, o que barateou a produção em dezenas de milhões de dólares, mas os efeitos visuais utilizados prometem inaugurar uma nova era nesse campo.

A câmera tremida garante um alto grau de realismo e promete fazer o público se sentir na pele dessas pessoas. E, aos poucos, os espectadores conhecem a história de cada um deles, o que torna a catástrofe ainda mais dramática.

Rodado com pouquíssimos cortes, "Cloverfield" parece ser feito sem roteiro, sem edição e sem ensaios, de forma que a platéia até esquece de que está assistindo a um filme. O objetivo é fazer o espectador mergulhar naquela situação, como se ela fosse realidade, e então surpreendê-lo com imagens em que os olhos não podem crer.

O público só vai descobrir o que é "Cloverfield" e quem é o tal monstro a partir do dia 8 de fevereiro, quando a produção estréia no Brasil.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...