7 de jun de 2011

CONRAD CONDENADA POR PLÁGIO

Segundo a Agência Estado, a justiça reconheceu que a HQ “Chibata! João Cândido e a Revolta Que Abalou o Brasil”, de novembro de 2008, dos pernambucanos Olinto Gadelha e Hemeterio, lançada pela Conrad Editora continha trechos e personagens da peça de teatro “João Cândido do Brasil - A Revolta da Chibata”, de César Vieira, condenando a editora na sexta, na 2.ª Vara Cível do Fórum de Pinheiros, por plágio.

A decisão de primeira instância obriga a editora à apreensão de todos os exemplares e também à publicação de nota de esclarecimento em jornais de circulação nacional. Também foi arbitrada uma indenização por danos morais e materiais, baseada na venda de duas edições da obra (a primeira teve 3 mil exemplares).

A ação do dramaturgo e diretor de teatro César Vieira (codinome do advogado Idibal Piveta) vem desde maio de 2010. Segundo ele, o plágio era facilmente demonstrável porque parte de sua peça era ficcional, e ele inventou personagens, lugares e situações. A HQ, por sua vez, continha falas idênticas às da peça, e até personagens inventados pela imaginação do dramaturgo foram copiados, como a Enfermeira Casemira, citação a uma artista chamada Casemira Caldas, que nunca conheceu João Cândido e jamais esteve no Hospital dos Alienados da Praia Vermelha. O gibi também se vale de outras criações da ficção do dramaturgo, como o pub Queen Victory (que não existiu).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...