20 de dez de 2011

ENTREVISTA COM LEVI TRINDADE SOBRE OS "NOVOS 52" NO BRASIL

Agora que tudo o que conhecíamos do Universo DC foi desfeito pela “genial” estratégia da editora de reiniciar a cronologia de seus super-heróis, o que não faltam são dúvidas. E, para os leitores brasileiros, há uma que vai além da cronologia dos personagens: “Como os Novos 52 serão lançados por aqui?”, alguns estão se perguntando. Para tentar responder a esta questão, o SOC! conversou com Levi Trindade, o editor DC no Brasil.

Durante a 18ª Fest Comix, Trindade explicou com exclusividade ao SOC!, que a descontinuidade das revistas atuais é inevitável de acordo com o que a própria DC Comics promoveu nos EUA e que novas serão lançadas em seu lugar. Porém, explicou que o método usado lá fora – o lançamento de 52 revistas – não é uma opção. Embora nenhuma decisão ainda tenha sido tomada, a estratégia editorial mais provável, segundo ele, é que a Panini continue com a fórmula que vem aplicando atualmente: os mixes

O editor explicou ainda, que a composição mais lógica para os mixes, aliás, já foi “sugerida” pela própria editora, quando esta dividiu seus títulos em grupos muito bem delimitados. Sendo assim, baseado no que observamos nas diversas séries lançadas, é bastante provável que, em alguns meses, tenhamos as seguintes revistas nas bancas brasileiras:



- Uma ou duas revistas do morcego incluindo: Batman, Detective Comics, Batman: The Dark Knight, Batwing, Batman and Robin, Birds of Prey, Batwoman, Batgirl, Red Hood and the Outlaws, Catwoman e Nightwing.



- Uma revista com os títulos kriptonianos e afins: Superman, Action Comics, Superboy e Supergirl.



- Uma revista de Oa: Green Lantern, Green Lantern Corps, Green Lantern: New Guardians e Red Lanterns.



- Uma ou duas revistas da Justiça incluindo: Justice League, Justice League International, Aquaman, Wonder Woman, The Flash, Captain Atom, The Fury of the Firestorm: The Nuclear Men, Green Arrow, DC Universe Presents, The Savage Hawkman e Mr. Terrific.



- Uma revista “sombria”: Justice League Dark, Swamp Thing, Animal Man, Frankenstein, Agent of S.H.A.D.E., Ressurrection Man, I, Vampire e Demon Knight.



- Uma revista teen: Teen Titans, Static Shock, Hawk and Dove, Blue Beetle, Legion Lost e Legion of Super-Heroes.



- Uma revista “renegada”: Stormwatch, Grifter, Deathstroke, Suicide Squad, Voodoo, O.M.A.C., Men of War, Blackhawk e All-Star Western.



E, ao contrário do que muitos leitores estão especulando, o editor explicou que a reformulação chegará ao Brasil em menos de um ano. De fato, tendo em vista que Flashpoint – Ponto de Ignição está em vias de ser iniciada por aqui, é bastante provável que o Novo Universo DC chegue em pouco mais de seis meses.



Sobre a estratégia de publicação, mesmo que ainda não esteja confirmada, acredito que mixes reunindo “famílias” seja o mais óbvio e adequado. O que seria estranho, realmente, é se fossem lançadas 52 novas revistas de 24 páginas. Afinal, quem é que compraria Hawk and Dove de Rob Liefeld?

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...